Parâmetros curriculares nacionais: novo paradigma para a formação do professor e da prática docente em educação física?

Julio Cesar Torres, Karina Xavier

Resumo


O presente trabalho discute possíveis rupturas históricas nos sentidos atribuídos à Educação Física como disciplina escolar ao longo da política de escolarização básica brasileira, recortando a análise pela instituição dos Parâmetros Curriculares Nacionais nos anos de 1990. Para tanto, nosso objetivo foi apontar novos paradigmas presentes nas políticas curriculares que, por sua vez, também poderiam provocar rupturas na formação do professor e na prática pedagógica de Educação Física. Nosso recorte está pautado especificamente na análise do Documento dos PCNs e suas diretrizes para o ensino da Educação Física, invocando para esta discussão a ideia da existência, ou não, de mudanças teóricas e/ou metodológicas nas propostas curriculares para a prática de ensino da referida área.

Palavras-chave


Educação Física. PCNs. Prática Docente

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n37.3688

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br