Jovens, tempo e história: leituras de um caleidoscópio

Astrogildo Fernandes Silva Júnior, Selva Guimarães

Resumo


Este texto tem como objetivos apresentar resultados de uma investigação com o objetivo de compreender como os jovens estudantes se relacionam com o tempo; e o que pensam em relação à História e ao ensino de História. A pesquisa foi realizada com jovens estudantes do nono ano do ensino fundamental de escolas públicas da rede municipal e estadual em Minas Gerais, Brasil. Trata-se de uma pesquisa educacional de inspiração etnográfica que utilizou vários procedimentos: observação participante das aulas e do cotidiano escolar, questionários e entrevistas orais. Concluiu-se que, para os jovens investigados, em relação ao tempo o presente é para ser vivido, o futuro é incerto, e o passado é importante refletir sobre o presente. A maioria se interessa pela História e possui uma visão positiva no tocante ao ensino de História em suas vidas.

Palavras-chave


Educação, Juventude,Ensino de História

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n32.4223

Direitos autorais



EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br