Educação e Projeto de vida de adolescentes do ensino médio

Ivany Pinto Nascimento

Resumo


Este estudo das representações sociais do Projeto de Vida dos adolescentes de escolas públicas de Belém tem como foco central à compreensão, a arqueologia psicossocial em que as adolescências se produzem, e as condições que determinam o processo de construção e partilha de conhecimentos sobre a vida futura.
A pesquisa teve como amostra seis escolas distribuídas entre a região central e a periférica da cidade de Belém. Os sujeitos são 725 adolescentes divididos entre o sexo feminino e o sexo masculino distribuídos entre os grupos de 15 a 24 anos, dos 2º e 3º anos do ensino médio, dos turnos diurno e noturno. Os resultados demonstram que as condições de produção e circulação destas representações sociais refletem as imagens e os significados sobre o Projeto de Vida, como também, a multidimensional idade do campo psicossocial, e suas determinações. Além disto, estes resultados indicam que existe uma enorme lacuna entre as políticas públicas socioeducacionais destinadas para os adolescentes, e as possibilidades de desenvolvimento de habilidades para realizarem seus projetos de vida, uma vez que estas políticas representam um caminho de oportunidades, sobretudo, para aqueles adolescentes que se constituem a maioria, dependem exclusivamente destas políticas para desenvolver habilidades de vida e acadêmicas para a realização de seu projeto de vida.
A luz destes resultados se chama a atenção para que nossos governantes e os profissionais, sobretudo os da educação e, também, os adolescentes que discutam sobre a possibilidade de uma proposta socioeducacional que afirme e garanta oportunidades para que os adolescentes possam realizar seus projetos de vida.

Palavras-chave


educação, adolescentes, projeto de vida

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n31.4328

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br