Contribuições acerca das políticas públicas em educação

Carlos Roberto da Silva Machado

Resumo


A democracia local e global, enquanto processo sem fim e de alta intensidade como produção dos humanos autogeridos em suas relações com a natureza, é a utopia da produção política e teórica do autor. O conceito de produção é utilizado, de acordo com Lefèbvre (1973, 1991), num sentido mais amplo de geração de conhecimento, das relações, da sociedade, da produção material, de obras, das idéias, que é diferente de seu sentido mais restrito de produção de bens materiais, de coisas, de produtos. Tendo tal concepção como pano de fundo, neste trabalho, apresentamos e discutimos os conceitos de Estado, política e “Estado em ação”, relacionando-os com os paradigmas societários e epistemológicos (SANTOS, 1999) utilizados na análise das políticas públicas e da gestão da educação.

Palavras-chave


Educação. Emergente. Estado. Gestão e paradigma. Política.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v8i1.466

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br