A inserção da Capes na formação de professores da educação básica no Brasil

Nathanael da Cruz e Silva Neto, Silvana Fernandes Lopes, Julio Cesar Torres, Carlos da Fonseca Brandão

Resumo


O artigo examina a inserção da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no âmbito da educação básica. Tradicionalmente, a instituição sempre teve como foco a formação de professores de ensino superior, concentrando-se, portanto, na pós-graduação. Trata-se de pesquisa bibliográfica e documental, tomando como referência os seus principais programas de formação de professores, a saber: o Parfor, o Pibid, o Prodocência, o Obeduc, o Programa Novos Talentos e o Life. Conclui-se que as investidas da CAPES, embora representem esforço no sentido de contribuir para a melhoria da educação básica no Brasil, revelam-se pontuais e incapazes de solucionar os problemas educacionais estruturais, historicamente constituídos.


Palavras-chave


CAPES; Formação de Professores; Educação Básica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n40.6030

Direitos autorais



EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br