Desafios da inclusão no processo contemporâneo de expansão da educação superior brasileira: democratização ou massificação do acesso?

Andreia Gomes da Cruz

Resumo


O artigo reflete sobre os desafios das políticas de acesso e permanência/inclusão na educação superior brasileira, correlacionando-os com as atuais políticas de expansão. As investigações empreendidas neste trabalho decorrem das atividades desenvolvidas pela pesquisadora no Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação Superior (Nepes), impulsionadas pelas hipóteses propostas na pesquisa de Produtividade Unesa (2017-2018) que examina os dados e as políticas públicas das instituições públicas – universidades e institutos federais – e privadas de educação superior, principalmente aquelas que não ofertam pesquisa e extensão. Para isso, utilizamos a base de dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) de 2016, bem como estudos bibliográficos no campo de educação superior.

Palavras-chave


Acesso. Democratização. Educação Superior; Massificação; Políticas Públicas

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, D. Lei nº 12.711/2012 e os desafios da educação superior pública no Brasil. FLACSO Brasil, 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2017.

BARREYRO, G. B. Mapa do ensino superior privado. Brasília, DF: Inep, 2008.

BRASIL. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 10 jan. 2001a. disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2016.

BRASIL. Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001. Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao estudante do Ensino Superior e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 13 jul. 2001b. Disponível em: . Acesso em: fev. 2016.

BRASIL. Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005. Institui o Programa Universidade para Todos – PROUNI, regula a atuação de entidades beneficentes de assistência social no ensino superior; altera a Lei no 10.891, de 9 de julho de 2004, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 jan. 2005. Disponível em: . Acesso em: 14 fev. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa nº 39, de 12 de dezembro de 2007. Institui o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Brasília, DF, 2007. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2016.

BRASIL. Decreto nº 7.234/2010, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 20 jul. 2010. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 389, de 9 de maio de 2013. Cria o Programa de Bolsa Permanência e dá outras providências. Brasília, DF, 2013. Disponível em: . Acesso em: 16 fev. 2016.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 26 jun. 2014. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2016.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Superior 2016: notas estatísticas. Brasília, DF, 2016. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2017.

CHAVES, Vera Lucia Jacob. Expansão da privatização/ mercantilização do ensino superior brasileiro: a formação dos oligopólios. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 111, p. 481-500, abr./jun. 2010. Disponível em: <. Acesso em: 10 ago. 2014.

CISLAGHI, J. F.; SILVA, M. T. O Plano Nacional de Assistência Estudantil e o REUNI: ampliação de vagas versus garantia de permanência. Revista SER Social, Brasília, v. 14, n. 31, jul./dez. 2012, p. 489-512.

CRUZ, A. G. Educação superior à distância? Paradoxos presentes na formação de professores. 2015. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015.

CRUZ, R.; ZILLER, J.; NONATO, B. Mapa do invisível: hierarquias sociais e universidade. In: MAYORGA, C. (Org.). Universidade cindida, universidade em conexão: ensaios sobre democratização da universidade. Belo Horizonte: UFMG, 2010. p.71-91.

CUNHA, L. A. A universidade crítica: o ensino superior na república populista. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2004.

______. A universidade temporã: o ensino superior, da Colônia à Era Vargas. São Paulo: UNESP, 2007.

DIAS SOBRINHO, J. Democratização, qualidade e crise da educação superior: faces da exclusão e limites da inclusão. Revista Educação e Sociedade, v. 31, n. 113, out./dez. 2010, p. 1223-1245.

FERNANDEZ, N. L. Hacia la convergencia de los sistemas de educación superior en América Latina. Revista Iberoamericana de Educación, n. 35, p. 39-71, 2004. Disponível em: . Acesso em: 2 ago. 2018.

GLOBO. Portal G1. Censo mostra queda de novos alunos no ensino superior. Educação, 6 out. 2016. Disponível em: . Acesso em: 3 mar. 2017.

GOMES, A. M.; MORAES, K. N. Educação superior no Brasil contemporâneo: transição para um sistema de massa. Revista Educação e Sociedade, v. 33, n. 118, jan./mar. 2012, p.170-190.

HOPER – Estudos de Mercado (Org.). Análise setorial do ensino superior privado: Brasil. Foz do Iguaçu, 2009. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2016.

HOURI, M. S. Evasão e permanência na educação superior: uma perspectiva discursiva. 2016. Tese (Dourado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2016.

MANDEL, E. Os estudantes, os intelectuais e a luta de classes. Tradução de Serafim Ferreira. Lisboa: Antídoto, 1979.

MARTINS, C. B. A Reforma Universitária de 1968 e a abertura para o ensino superior privado no Brasil. Revista Educação e Sociedade, v. 30, n. 106, jan./abr. 2009, p.15-35.

MARTINS, C.B. (Org.). Ensino superior Brasileiro – transformações e perspectivas. São Paulo: Brasiliense, 1988.

MOREIRA, L.C. O aluno com necessidades educacionais especiais no ensino médio no município de Curitiba: indicativos iniciais para as políticas públicas. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL, 4., 2008. Anais eletrônicos..., 2008. CD-ROM.

NEAVE, G. The evaluative state reconsidered. European Journal of Education, v. 3, n. 3, p. 265-284, sep. 1998.

OLIVEN, A. A paroquialização do ensino superior. Petrópolis: Vozes, 1990.

ORSO, P. J. O surgimento da universidade e o projeto burguês de educação no Brasil. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, v. 11, p. 1-15, 2003. Disponível em: . Acesso em: 2 ago. 2018.

PAULA, M. F. C. A modernização da universidade e a transformação da intelligentzia universitária: casos USP e UFRJ. Florianópolis: Insular, 2002.

PAULA, M. F. C.; FERNÁNDEZ LAMARRA, N. Reformas e democratização da educação superior na América Latina. In: PAULA, M. F. C.; FERNÁNDEZ LAMARRA, N. (Org.). Reformas e democratização da educação superior no Brasil e na América Latina. Aparecida-SP: Ideias & Letras, 2011. p. 9-51.

PAULA, M. F. C.; SILVA, M. G. M. Introdução. As políticas de democratização da educação superior nos Estados do Rio de Janeiro e de Mato Grosso: produção de pesquisas e questões para o debate. Cuiabá: EDUFMT, 2012. p. 7-20.

PAULA, M. F. C.; HOURI, M.; CRUZ, A. Políticas de inclusão na educação superior brasileira: os lugares possíveis dos sujeitos numa sociedade estratificada. In: PAULA, M. F. C. (Org.). Políticas de controle social, educação e produção de subjetividade. Florianópolis: Insular, 2015. p. 193-223.

PAULA, M. F. C. Políticas de inclusão nas universidades federais brasileiras: limites, possibilidades e desafios na próxima década. Revista Latinoamérica de Políticas y Administración de La Educación, v. 2, n. 3, nov. 2015. p. 90-101.

PEIXOTO, M. C. L. Políticas para a democratização do acesso e a inclusão social na educação superior no Brasil. In: PAULA, M. F. C.; FERNÁNDEZ LAMARRA, N. (Org.). Reformas e democratização da educação superior no Brasil e na América Latina. Aparecida-SP: Ideias & Letras, 2011. p. 217-244.

RAMA, C. La terceira reforma de la educación superior em América Latina. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2006.

REAL, G. C. M. A avaliação da educação superior na fronteira Brasil-Paraguai: considerações sobre a construção de um espaço comum. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 33., 2010, Caxambu. Anais... Educação no Brasil: o balanço de uma década. Caxambu: Anped, v. 1, n. 1, 2010.

RISTOFF, D. A expansão da educação superior brasileira: tendências e desafios. In: PAULA, M. F. C.; FERNÁNDEZ LAMARRA, N. (Org.). Reformas e democratização da educação superior no Brasil e na América Latina. Aparecida-SP: Ideias & Letras, 2011. p. 191-216.

ROMANELLI, O. História da educação no Brasil (1930-1973). Petrópolis: Vozes, 1986.

ROSSETTO, E. Recuperação histórica das políticas de inclusão no ensino superior. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS HISTEDBR: História, Sociedade e Educação no Brasil, 8., 2009, Campinas. Anais... Campinas, 2009.

SGUISSARDI, V. Educação superior no Brasil. Democratização ou massificação mercantil? Revista Educação Sociedade, Campinas, v. 36, n. 133, p. 867-889, out./dez. 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.

SILVA JÚNIOR, João dos Reis; SGUISSARDI, Valdemar (Org.). Educação Superior: análise e perspectiva de pesquisa. São Paulo: Xamã, 2001.

TROW, M. Reflections on the transition from elite to mass to universal access: forms and phases of higher education in modern societies since WWII. Berkeley: University of California, 2005. Disponível em: Acesso em: 15 maio 2016.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n46.7949

Direitos autorais 2019 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br