Valoração de patentes: O caso do núcleo de inovação tecnológica de uma instituição de pesquisa brasileira

Yuri Basile Tukoff-Guimarães, Claudia Terezinha Kniess, Emerson Antonio Maccari, Luc Quonian

Resumo


A valoração de tecnologias e patentes consiste em uma ferramenta de apoio à negociação, mas é uma atividade incipiente nos Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) das Instituições Científicas e Tecnológicas (ICT) brasileiras. Neste trabalho, objetivou-se analisar como o NIT de um instituto de pesquisa brasileiro utiliza métodos de valoração no processo de atribuição de valor às suas patentes. A metodologia empregada foi investigação exploratória e qualitativa com estratégia de estudo de caso único no NIT do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Foi verificado que o NIT analisado utiliza três abordagens de valoração diferentes, mas existem problemas no que se refere ao levantamento dos dispêndios envolvendo a concepção de tecnologias e no pós-venda dos royalties a serem auferidos pela instituição.

Palavras-chave


Licenciamento de patentes. Métodos de valoração de tecnologias. Núcleos de inovação tecnológica. Relação universidade-empresa. Transferência de tecnologias. Valoração de patentes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v12n2.4843

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.