A contribuição de patentes para a inovação sustentável: o caso de um trocador de calor

Carlos Mamori Kono, Luc Quoniam, Leonel Cezar Rodrigues

Resumo


Patentes são indicadores úteis para inovação, mas o uso de seu valor ainda é muito limitado. Na patente, a necessidade de registro do método, processo ou sistema, de forma precisa, facilita seu entendimento e pode motivar a comunidade científica a direcionar suas pesquisas para essa área, acelerando o progresso tecnológico. Seus dados não são estáticos; patentes citam outras patentes, o que permite uma visão dinâmica dos antecedentes e descendentes tecnológicos que levam ao conhecimento do estado da arte. Neste artigo, objetivou-se identificar os dados de patentes como fonte de inovação tecnológica. Realizaram-se pesquisas em bases de dados de patentes, consideradas fontes de inovação tecnológica para introduzir melhorias em um produto usado como trocador de calor, quando acoplado a um sistema de chuveiro de banho elétrico. Os resultados permitiram chegar ao estado da arte da tecnologia bem como a geração de sugestões de inovações para o produto, evoluindo mais ainda na questão da sustentabilidade dessa tecnologia.

Palavras-chave


Inovação. Inovação sustentável. Patentes. Propriedade intelectual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v12n3.5004

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.