Empreendedor inovando o bem simbólico na rede de negócios: Produção & consumo de software no porto digital

Fernando Gomes de Paiva Júnior, Wemerson de Souza Martins, Osíris Luís da Cunha Fernandes, Anderson Diego Farias da Silva, Rainier Emanuel Freire de Freitas Guedes

Resumo


Neste estudo, objetiva-se compreender como ocorre o processo de inovação de um bem simbólico pelo empreendedor de software em meio a sua articulação na rede de negócios. Assim, o lócus de investigação deste trabalho é o Porto Digital, como polo de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa da Região Metropolitana do Recife, estado de Pernambuco. Esse arranjo produtivo se destaca nacionalmente pelo desenvolvimento de produtos e serviços com alto valor simbólico. Foi desenvolvida uma análise de conteúdo de dados obtidos por pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas realizadas com empreendedores de empresas de desenvolvimento de software, associadas à Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (SOFTEX). Identificou-se uma articulação que potencializa a dinâmica empreendedora nesse arranjo, evidenciando-se que o engajamento do empreendedor nas redes de negócio possibilita a emergência de processos inovadores.

Palavras-chave


Bem simbólico. Empreendedor. Inovação. Redes de negócios.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v12n3.5204

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.