Diagnóstico de inovação no setor da indústria de reparos de automóveis usando o característico de inovação setorial

Telma Lúcia de Andrade Lima, celso Roberto Perez, Denis Silva da Silveira, Luiz Henrique Monteiro Barreto da Costa, Almir Silveira Menelau

Resumo


No Brasil, verifica-se um crescimento médio da frota de automóveis de 5% ao ano. Observa-se que empresas do segmento de indústria de reparos de automóveis vêm estabelecendo novas estratégias promovidas pelas concessionárias com a extensão dos prazos de garantia e com a inserção de equipamentos com tecnologias proprietárias, prejudicando o mercado das oficinas mecânicas que atuam fora da rede credenciada das montadoras. Constata-se que essas oficinas têm perfil de EPP e, por essa razão, apresentam várias dificuldades na estrutura da organização que dificultam acompanhar o desenvolvimento do setor. Nesta pesquisa, utiliza-se o Característico de Inovação Setorial (CIS) para identificar em quais dimensões devem ter recursos prioritários para permitir alavancagens em inovação que permitam melhorar o nível de competitividade dessas empresas. Com base no CIS, realizou-se uma pesquisa do tipo survey a partir da amostra de 150 empresas, sendo identificadas ações prioritárias e os níveis de competição interna.

Palavras-chave


Indústria de reparos de automóveis. Nível de desenvolvimento organizacional. Radar de inovação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v12n2.5207

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.