Influência do grau de desenvolvimento da organização sobre o grau de inovação nas empresas de pequeno porte

Telma Lúcia de Andrade Lima, Gleógenes Andrade Macedo, Izabel Cristina Barros de Moura, Daniela de Moura Pavão Farias, Maria Aparecida Coelho Silva Ornellas

Resumo


No momento em que as empresas de pequeno porte (EPP) são reconhecidas como de grande importância para a economia das nações, entende-se que seus principais fatores críticos de sucesso estão associados à inovação e ao desenvolvimento sustentável. O objetivo é, então, estabelecer políticas e estratégias que possibilitem um ambiente adequado para que essas organizações tornem-se competitivas a partir da inovação. Neste artigo, a partir de uma amostra de 72 empresas, busca-se entender como os fatores internos da organização estão correlacionados com a capacidade de inovar. Usaram-se as métricas dos graus de inovação e de desenvolvimento da organização para avaliar a existência de correlação entre essas variáveis. Identificou-se presença de correlações fracas entre os quatro grupos de 18 empresas do total da amostra. Esse baixo índice de correlação pode ser justificado pelo nível de desenvolvimento institucional em que estão focadas as ações que tratam apenas da sobrevivência e manutenção no mercado.

Palavras-chave


Capacidade de inovar. Grau de inovação. Inovação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v12n3.5267

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.