Aplicação da metodologia de produção mais limpa em um processo de rotomoldagem como uma ferramenta sustentável aplicada à segurança do trabalho

Elpidio Oscar Benitez Nara, Guilherme Gerhard, Kleber Tiggemann Sehn, Jorge André Ribas Moraes, André Luiz Emmel Silva

Resumo


Cada vez mais as políticas de responsabilidade social forçam as empresas a preocuparem-se em produzir questionando a variável ambiental e os efeitos da produção sobre o meio em que estão inseridas. Esta pesquisa trata-se de um estudo de caso de uma empresa do setor plástico. Utilizou-se a ferramenta P+L na busca de redução no consumo de luvas de algodão, usadas como EPI, no processo de rotomoldagem. A metodologia segue a proposta do CNTL Senai e resultou em uma ação de Nível 1. Ou seja, reduziu-se a fonte por meio da modificação no processo pela substituição de matéria-prima. Não foi possível eliminar por completo a geração do resíduo. Assim, passou-se a trabalhar com o enfoque de substituir uma matéria-prima com degradação rápida por uma com degradação lenta, a fim de que houvesse menor desgaste das luvas de proteção.

Palavras-chave


Equipamentos para proteção individual – EPI. Produção mais limpa. Rotomoldagem. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v13n1.5368

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.