Cálculo e análise da capacidade Produtiva utilizando processo de Markov: Estudo de caso de uma empresa têxtil

Diego Milnitz, Monica Maria Mendes Luna, Antonio Sergio Coelho

Resumo


Para que as organizações possam se manter competitivas em seus mercados de atuação, torna-se indispensável uma gestão eficiente dos recursos produtivos existentes, isto é ter conhecimento sobre os processos atuais quanto a sua capacidade de atender a demandas atuais e futuras de seus clientes, bem como ações contingenciais para eventos aleatórios. A proposta desta pesquisa consiste em incluir fatores como rejeitos e retrabalhos, que são raramente utilizados nas análises dos recursos produtivos, no cálculo da capacidade produtiva com o apoio da matriz de transição estocástica da cadeia de Markov para obtenção de um fator de capacidade, que é usado posteriormente no cálculo e análise da capacidade real necessária dos processos. Para exemplificar a eficácia do método um estudo de caso de uma empresa têxtil é apresentado. Demonstrando assim, que o método proposto tem grande contribuição para análise desse tipo de cenário e se mostra promissor para estudos mais estratégicos relacionados com investimentos em processos produtivos.

Palavras-chave


Capacidade produtiva; Indústria têxtil; Matriz de transição de Markov

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v14n1.6199

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Exacta – Engenharia de Produção
ISSN da versão eletronica: 1983-9308
ISSN da versão impressa: 1678-5428
https://revistaexacta.org.br