Internacionalização e Inovação: Uma Análise Longitudinal dos Países Sul-Americanos

Isabel Cristina dos Santos, Humberto Medrado Gomes Ferreira

Resumo


O objetivo neste trabalho é analisar os indicadores de desenvolvimento econômico e científico dos países da América do Sul. Esta é uma pesquisa descritiva quantitativa, baseada em análise longitudinal dos principais indicadores de internacionalização e inovação de países sul-americanos. A coleta de dados teve caráter documental e incluiu variáveis relacionadas à exportação, aos investimentos em conhecimento e infraestrutura tecnológica e ingresso de investimento direto estrangeiro. Os resultados indicam que a internacionalização dos negócios está associada à capacidade inovadora. A manutenção da competitividade industrial é fator crítico e um dos principais desafios à internacionalização, reforçando que a adoção de novas tecnologias e a qualificação da mão de obra fortalecem os investimentos e impactam nas relações comerciais dos países. Concluiu-se que as variáveis exportações, conhecimento e investimento direto impactam na internacionalização dos negócios e estão fortemente associadas à capacidade inovadora das indústrias dos países analisados.

Palavras-chave


América do Sul. Inovação. Internacionalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v14n4.6708

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.