A inovação no Brasil proporciona retornos financeiros? Um estudo sobre as empresas listadas na Bovespa

Joás Tomaz de Aquino, Renata Braga Berenguer de Vasconcelos, Charles Ulises de Montreuil Carmona

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo verificar se as empresas mais inovadoras possuem desempenho financeiro superior às empresas menos inovadoras e verificar se os recursos inovadores proporcionam desempenho persistente ao longo do tempo. As empresas listadas na Bovespa foram selecionadas a partir do ranking Innoscience 3i no perído de março de 2009 a março de 2016. Por meio de regressão com dados em painel, baseado no modelo de Villalonga (2004), identificou-se que as empresas mais inovadoras da amostra possuem retorno sobre os investimentos estatisticamente maior que as empresas menos inovadoras. Os resultados encontrados reforçaram os trabalhos de Joode (2011), Adcock et al. (2014) e Carmona et al. (2016), demostrando a relevância dos investimentos em inovação no retorno das empresas mais inovadoras. No entanto, não foi verificada persistência do elemento inovação ao longo do tempo no retorno das empresas mais inovadoras, nem do elemento tangibilidade no retorno das empresas menos inovadoras.


Palavras-chave


Inovação. Intangibilidade. Desempenho financeiro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v15n4.6948

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.