Utilização do plano de amostragem por skip-lote para aumento do índice de roteiros inspecionados em indústria de refrigeração

Wellinton Mariano de Almeida, Mauricio Johnny Loos

Resumo


Este artigo apresenta a implementação do plano de amostragem por skip-lote em uma indústria de refrigeração. A aplicação da teoria objetiva melhorar a eficiência no setor de recebimento de materiais após redução do quadro de colaboradores. O trabalho adota o estudo de caso como abordagem metodológica cujas evidências foram coletadas por meio de documentos internos da empresa e através da utilização de ferramentas da qualidade tais como: Diagrama de Ishikawa; 5 porquês, 5W1H e PDCA. Os resultados demonstraram que, após a implementação do plano de amostragem por skip-lote, elevou-se o percentual de roteiros inspecionados de 90,35% (terceiro quadrimestre de 2016) para 97,61% no primeiro quadrimestre de 2017. Com esses resultados obtidos, conclui-se que as organizações devem sempre buscar a melhoria contínua com intuito de resolver problemas do cotidiano e melhorar seus processos. Neste caso a melhoria foi atingida contribuindo com a redução do tempo de espera de itens que aguardam necessidade de inspeção para abastecimento da linha de produção.


Palavras-chave


Skip-lote; Inspeção; Plano de amostragem; Refrigeração; Linha Branca.

Texto completo:

pdf

Referências


ABNT, N. (1985). 5427: Guias para utilização da norma NBR 5426–Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por atributos, 26P.

Berto, M. (2003). Avaliação de fornecedores: um modelo para inovação e melhoria contínua no Setor Metal-Mecânico.

Bressan, F. (2000). O método do estudo de caso. Administração on line. Revista Eletrônica da FECAP. São Paulo: SP, 1(1).

Carelli, F. P. L., Rodriguez, C. M. T., & Rôa, L. M. (2016). Proposta de adequação do processo de inspeção com base nos conceitos do lean manufacturing: estudo de caso em um fabricante de equipamentos agrícolas. Journal of Lean Systems, 1(4), 66-86.

Castro, D. R. C., & De Souza, V. F. A aplicabilidade dos gráficos de controle nas empresas como modelo de inspeção para a avaliação da qualidade. Disponível< http://www. abepro. org. br/biblioteca/ENEGEP2012_TN_STP_158_921_20804. pdf>. Acessado em: 16/09/2017.

De Mello Cordeiro, J. V. B. (2017). Reflexões sobre a Gestão da Qualidade Total: fim de mais um modismo ou incorporação do conceito por meio de novas ferramentas de gestão?. Revista da FAE, 7(1).

Deboni, J. E. Z., & Gregolin, R. (2008). Inspeção de Qualidade em Descrições de Casos de Uso: Uma Proposta de Modelo e Artefatos. VII SBQS, Florianópolis–SC, Brasil.

Galina, V. (2010). Estudo e implementação computacional de planos amostrais para aceitação de lotes de produtos.

GARVIN, D. A. Gerenciando a Qualidade: a visão estratégica e competitiva. Rio de Janeiro:

Qualitymark, 2002.

Marinho, B. D. L., & Neto, J. A. (1997). A necessidade de gerenciamento da qualidade de fornecedores no ambiente globalizado. Disponível< http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep1997_t4209.pdf>. Acessado em: 14/09/2017.

Peinado, J., & Graeml, A. R. (2007). Administração da produção. Operações industriais e de serviços. Unicenp.

Rocha, L. C. S., Carvalhais, J. F., & Martins, M. L. (2015). Gestão da qualidade como estratégia para melhorias no rendimento operacional de indústrias queijeiras. Revista Administração em Diálogo-RAD, 17(1).

Souza Junior, A. D. (2014). Inspeção e recebimento de materiais de uma indústria de autopeças na região metropolitana de Curitiba.

Vasconcelos, D. S. D., Souto, M., Gomes, M. D. L. B., & Mesquita, A. M. (2009). A utilização das ferramentas da qualidade como suporte a melhoria do processo de produção–Estudo de caso na indústria têxtil. XXIX Encontro Nacional de Engenharia de produção, Salvador, BA, 6.




DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v17n3.7865

Direitos autorais 2019 Exacta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

ISSN da versão eletronica: 1983-9308
ISSN da versão impressa: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.