Aplicação da teoria das restrições no transporte público: estudo de caso em uma linha de ônibus na cidade de São Paulo

Apolo de Lima Beca, Eduardo Shimabuku, Adriano Maniçoba da Silva, Wilson Yoshio Tanaka, William de Paula Ferreira

Resumo


O trânsito congestionado nas grandes cidades impacta significativamente a vida das pessoas em termos de saúde, tempo e produtividade. Há a necessidade do aumento da utilização do transporte coletivo com o intuito de diminuir o nível de trânsito, mas alguns elementos têm desestimulado o seu uso. Foi realizado um estudo de caso, com pesquisa documental e quantitativa, com o objetivo de analisar o desempenho de uma linha de ônibus da cidade de São Paulo à luz da teoria das restrições, de modo a identificar e propor soluções aos possíveis gargalos que impedem o aumento do fluxo de passageiros. As soluções propostas tiveram o intuito de diminuir as reclamações de atendimento ao cliente. Os resultados indicaram potencial significativo de aumento no fluxo de passageiros com a proposta de melhoria baseada na teoria das restrições.


Palavras-chave


Linha de ônibus; Restrições; Gargalos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v17n2.8230

Direitos autorais 2019 Exacta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

ISSN da versão eletronica: 1983-9308
ISSN da versão impressa: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.