Análise de Acessibilidade: Aplicação Parcial do Modelo Sicogea em um Centro de Ensino de uma Instituição Federal de Ensino

Karla Edite Freitas, Elisete Dahmer Pfitscher, Andressa Bregalda Belan

Resumo


Este artigo tem como objetivo geral verificar a acessibilidade aos acadêmicos com algum tipo de deficiência ou com mobilidade reduzida em um Centro de Ensino de uma Universidade Pública Federal Catarinense. Para atender a esse objetivo têm-se os seguintes objetivos específicos: verificar a existência de portadores de alguma deficiência ou com mobilidade reduzida; verificar a sustentabilidade sobre a acessibilidade com um(a) portador(a) de deficiência e propor um plano resumido de gestão – 5W2H, para as questões deficitárias. O 5W2H é uma ferramenta de gestão objetiva e consiste na resposta de sete perguntas para as questões deficitárias. Ressalta-se que pode ser utilizada para a tomada de decisão quanto à problemática encontrada após o cálculo de sustentabilidade. A metodologia quanto aos objetivos considera-se descritiva e exploratória. No que se refere aos procedimentos técnicos, trata-se de estudo de caso. A abordagem do problema caracteriza-se como qualitativa. No final conclui-se que a sustentabilidade global sobre a acessibilidade obteve o índice de 48,8%, considerada “regular”, ou seja, “atende somente à legislação”. Assim, entende-se que as pessoas, de acordo com a legislação no Brasil, têm direito a estudar e todas as instituições precisam proporcionar condições de acesso e utilização dos ambientes para pessoas portadoras de deficiência ou mobilidade reduzida. Como um processo de melhoria contínua, no 5W2H sugere-se como uma das ações: ampliação do número de banheiros para acessibilidade dentro do que prevê a legislação. A análise estudada abrange uma das dez dimensões para avaliação de cursos pelo INEP.


Palavras-chave


Acessibilidade. Instituições de Ensino Superior Federal Catarinense. Portadores de Necessidades Especiais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v5i3.394

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional