Importância dos Serviços Ecossistêmicos nas Cidades: Revisão das Publicações de 2003 a 2015.

Angelica Maria Mosquera Muñoz, Simone Rodrigues de Freitas

Resumo


Na atualidade a compreensão dos parques urbanos como elementos importantes para a qualidade ambiental e o convívio social em grandes cidades é relevante, pelo fato dos diferentes serviços ecossistêmicos que eles fornecem para a sociedade, tais como: conforto térmico, absorção de dióxido de carbono e controle da poluição sonora e do ar, proteção dos recursos hídricos, entre outros. Os serviços ecossistêmicos oferecidos pelos parques urbanos proporcionam o bem-estar para a população, pois são espaços destinados ao lazer e a práticas esportivas; além de terem sua relevância para educação ambiental e conservação da natureza. O presente trabalho teve por objetivo realizar uma revisão bibliográfica sobre contribuições e importância dos serviços ecossistêmicos nas áreas urbanas; para isso foram levantados artigos científicos na base de dados Web of Science, nos últimos 12 anos (2003-2015), usando as seguintes palavras-chave (em inglês): “serviços ecossistêmicos” e “áreas urbanas”, “serviços ecossistêmicos” e “parque urbano”, “serviços ambientais” e “parque urbano”, “serviços ambientais” e “cidade”. Poucos estudos sobre serviços ecossistêmicos são feitos em cidades, sendo a maioria em áreas naturais ou rurais. Dentre as principais contribuições encontradas nos trabalhos científicos destacam-se: estudos relacionados à caracterização da biodiversidade, manutenção de fontes hídricas, armazenamento de carbono, absorção de dióxido de carbono, aumento da permeabilidade do solo, planejamento e sustentabilidade urbana, pagamentos por serviços ambientais, valorização paisagística e cultural das cidades, e qualidade de vida da população. Conclui-se que se faz necessário aumentar os esforços para compreender melhor a dinâmica dos ecossistemas urbanos e seus serviços para embasar estratégias de planejamento urbano com critérios de sustentabilidade.

Palavras-chave


Ecologia Urbana; Serviços Ambientais; Parque Urbano; Planejamento; Sociedade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v6i2.853

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional