Preocupação Ambiental e Consumo Consciente: Os Meus, os Seus e os Nossos Interesses

Ceres Grehs Beck, Rita de Cássia de Faria Pereira

Resumo


Respeitar os limites da natureza é um desafio que emerge na sociedade contemporânea. Neste sentido, este artigo buscou identificar os valores e interesses que dominam o processo de decisão e caracterizam a preocupação ambiental dos consumidores. A condução de 33 entrevistas em profundidade aliadas à técnica projetiva permitiu relacionar se a preocupação está ligada à preservação do meio ambiente global (nossos interesses) e ao bem-estar da coletividade (seus interesses) ou à satisfação de desejos egoístas (meus interesses). A análise qualitativa de conteúdo orientada por Bardin (1977) revelou alta preocupação ambiental, todavia percebe-se que prevalecem os valores ligados ao individualismo, à passividade, ao imediatismo e um forte egoísmo predomina nos comportamentos dos respondentes.


Palavras-chave


Comportamento do Consumidor, Preocupação Ambiental, Antropocentrismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v1i2.22

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional