O Uso e a Importância dos Indicadores de Sustentabilidade nas Organizações – Estudos de Casos em Empresas de Energia Elétrica

Antonio Carlos Alcantara Thimoteo, Marcos Paixão Garcez, Flavio Junior Hourneaux Junior

Resumo


O estudo busca compreender o uso e a importância dos indicadores e dimensões de sustentabilidade baseados nas diretrizes do Global Reporting Initiative (GRI) em duas empresas de alta expressividade no segmento de energia elétrica brasileiro, por meio de um estudo de casos. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e aplicação de questionários. Os resultados mostram que as empresas utilizam grande parcela dos indicadores do GRI e que os gestores observam como importantes as três dimensões de sustentabilidade, embora o grau de importância referente às dimensões de sustentabilidade se altere. Tal resultado pode ser atribuído a diferenças na maturidade da gestão sustentável e na abrangência dos processos de atuação. Assim, a Empresa 1, que atua na geração, transmissão e distribuição de energia, e aparenta maior maturidade na gestão sustentável, possui uma preocupação mais uniforme para as três dimensões, enquanto a Empresa 2, que opera com a transmissão e distribuição, tem uma menor preocupação com a dimensão ambiental.

Palavras-chave


Sustentabilidade; Indicadores; GRI

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v4i3.325

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional