A implantação do modelo de seleção de projetos em um Tribunal de Justiça Estadual

Rodrigo Teixeira, Roque Rabechini Junior

Resumo


A busca pela eficiência no setor público ocorreu com a implantação dos novos padrões gerenciais, denominado Nova Gestão Pública. Esse novo modelo gerencial aos poucos introduziu o conceito de gestão de projetos. No entanto, cada vez mais os recursos para executar novos projetos estão escassos, fazendo com que as instituições públicas busquem novas soluções para melhor prestar seus serviços. Uma solução explorada no setor privado é a gestão de portfólio de projetos, que pode ser uma solução para os órgãos públicos. Neste sentido, o objetivo deste artigo foi entender como um modelo de seleção de projetos disponível na literatura contribuiu com a formação da carteira de projetos estratégicos em um tribunal de justiça. Para isto, utilizou-se do método de pesquisa-ação como estratégia de pesquisa, bem como realizou-se uma revisão sistemática da literatura sobre portfólio de projetos no setor público. Os resultados permitiram identificar que as técnicas de seleção de projetos que usam modelos matemáticos são os mais estudados no setor público. Foi possível também analisar a implantação de um modelo de seleção de projetos por meio de um caso. 


Palavras-chave


Gestão de portfólio de projetos; Projetos; Seleção de projetos; Instituição pública.

Texto completo:

PDF

Referências


Archer, N. P., & Ghasemzadeh, F. (1999). An integrated framework for project portfolio selection. International Journal of Project Management, 17(4), 207–216.

Arratia, N. M., Lόpez, I. F., Schaeffer, S. E., & Cruz-Reyes, L. (2016). Static R&D project portfolio selection in public organizations. Decision Support Systems, 84, 53–63. https://doi.org/10.1016/j.dss.2016.01.006

Bresser-Pereira, L. C. (1996). Administração pública gerencial: estratégia e estrutura para um novo Estado.

Bresser-Pereira, L. C. (2015). Da administração pública burocrática à gerencial. Revista do Serviço público, 47(1), 07–40.

Cooper, R. G., Edgett, S. J., & Kleinschmidt, E. J. (2002). portfolio management fundamental for new product success. Recuperado 9 de julho de 2016, de https://www.google.com.br/?gfe_rd=cr&ei=aLGBV7viCKbL8gfx6YfQDQ&gws_rd=ssl#q=portfolio+management+fundamental+for+new+product+success

Cruz-Reyes, L., Medina, C., López, F., Gómes, C. G., & Morales, M. L. (2013). An Interactive Decision Support System Framework for Social Project Portfolio Selection. In Recent Advances on Hybrid Intelligent Systems (p. 377–391). Springer.

Cruz-Reyes, L., Trejo, C. M., Irarragorri, F. L., Zarate, G. R., Santillán, C. G. G., & Villafuerte, M. P. (2015). Reduction of Decision Rules for Project Explanation on Public Project Portfolio. International Journal of Combinatorial Optimization Problems and Informatics, 6(3), 5.

Fernandez, E., & Navarro, J. (2002). A genetic search for exploiting a fuzzy preference model of portfolio problems with public projects. Annals of Operations Research, 117(1–4), 191–213.

Ghaeli, M. R., Vavrik, J., & Nasvadi, G. (2003). Multicriteria project portfolio selection: Case study for intelligent transportation systems. Transportation Research Record: Journal of the Transportation Research Board, (1848), 125–131.

Ghasemzadeh, F., & Archer, N. P. (2000). Project portfolio selection through decision support. Decision support systems, 29(1), 73–88.

Levine, H. A. (2005). Project portfolio management: A practical guide to selecting projects, managing portfolios, and maximizing benefits (1st ed). San Francisco: Jossey-Bass.

Litvinchev, I., & López, F. (2008). An interactive algorithm for portfolio bi-criteria optimization of R&D projects in public organizations. Journal of Computer and Systems Sciences International, 47(1), 25–32. https://doi.org/10.1134/S1064230708010048

Litvinchev, I. S., Lopez, F., Alvarez, A., & Fernandez, E. (2010). Large-Scale Public R&D Portfolio Selection by Maximizing a Biobjective Impact Measure. IEEE Transactions on Systems, Man, and Cybernetics - Part A: Systems and Humans, 40(3), 572–582. https://doi.org/10.1109/TSMCA.2010.2041228

Litvinchev, Igor, Lopez-Irarragorri, F., Arratia-Martínez, N. M., & Marmolejo, J. A. (2014). Selecting Large Portfolios of Social Projects in Public Organizations. Mathematical Problems in Engineering, 2014, 1–9. https://doi.org/10.1155/2014/654293

Maceta, P. R. M., Berssaneti, F. T., & Carvalho, M. M. (2017). Gerenciamento de portfólio de projetos no setor público: Uma revisão da literatura. Revista Produção Online, 17(1), 222–244.

Martinsuo, M. (2013). Project portfolio management in practice and in context. International Journal of Project Management, 31(6), 794–803. https://doi.org/10.1016/j.ijproman.2012.10.013

Nielsen, J. A., & Pedersen, K. (2014). IT portfolio decision-making in local governments: Rationality, politics, intuition and coincidences. Government Information Quarterly, 31(3), 411–420. https://doi.org/10.1016/j.giq.2014.04.002

PMI. (2006). The Standard for Portfolio Management (1a Edição). Recuperado de http://marketplace.pmi.org/Pages/ProductDetail.aspx?GMProduct=00101388901

Rabechini Jr, R. (2011). O gerente de projetos na Empres (3o ed). São Paulo: Atlas.

Rabechini Jr, R., & PESSOA, M. S. de P. (2005). Um modelo estruturado de competências e maturidade em gerenciamento de projetos. Revista Produção, 15(1), 034–043.

Sampaio, R. F., & Mancini, M. C. (2007). Systematic review studies: A guide for careful synthesis of the scientific evidence. Brazilian Journal of Physical Therapy, 11(1), 83–89.

Sano, H., & Abrucio, F. L. (2008). Promessas e resultados da Nova Gestão Pública: O caso das organizações sociais de saúde em São Paulo. Revista de Administração de Empresas, 48(3).

Shenhar, A. J., Dvir, D., Levy, O., & Maltz, A. C. (2001). Project success: A multidimensional strategic concept. Long range planning, 34(6), 699–725.

Stentoft, J., Freytag, P. V., & Thoms, L. (2015). Portfolio management of development projects in Danish municipalities. International Journal of Public Sector Management, 28(1), 11–28. https://doi.org/10.1108/IJPSM-03-2014-0047

Strang, K. D. (2011). Portfolio selection methodology for a nuclear project. Project Management Journal, 42(2), 81–93.

Thiollent, M. (1986). METODOLOGIA DA PESQUISA-AÇAO (2a). Cortez.

Tripp, D. (2005). Pesquisa-ação: Uma introdução metodológica. Educação e pesquisa, 31(3), 443–466.

Yin, R. K. (2016). Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre: Penso Ltda.

Young, R., Young, M., Jordan, E., & O’Connor, P. (2012). Is strategy being implemented through projects? Contrary evidence from a leader in New Public Management. International Journal of Project Management, 30(8), 887–900. https://doi.org/10.1016/j.ijproman.2012.03.003




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v10i3.11497

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
www.revistagep.org