Avaliação do Risco Gerencial na Elaboração de Projetos de Inovação em Pequenas e Médias Empresas de Alta Tecnologia sob a Ótica da Metodologia Prism

Taciana de Barros Jerônimo, Lúcio Camara e Silva, Deise de Araújo Batista, Marcella Brito Galvão

Resumo


Este estudo de caso tem o objetivo de analisar as falhas da atividade de gerenciamento de projetos em pequenas e médias empresas de alta tecnologia, utilizando a ferramenta PRISM. Essa metodologia, proposta por Gary Pan, Ray Hackney e Shan L. Pan, analisa as interações post mortem entre os componentes do projeto durante o curso de sua execução como uma relação de intercâmbio entre a organização do projeto, o sistema de informação e os seus usuários. Assim, a contribuição desse trabalho é permitir uma análise formal das relações entre a sucessão de eventos de desenvolvimento de projetos de cunho inovativo e fornecer insights sobre o sucesso potencial ou o fracasso em projetos de pequenas e médias empresas de alta tecnologia (PMET).

DOI:10.5585/gep.v2i1.32


Palavras-chave


Projeto; Pequena e Média Empresa; Análise de Falhas

Texto completo:

PDF

Referências


Bastos, T. P. (2006). Gestão da inovação: a economia da tecnologia no Brasil. Rio de Janeiro: Elvesier.

Campos, S. H. P. e Barbieri, J. C. (2002, novembro). Capital de risco para empresas de base tecnológica; uma avalização da atual legislação brasileira. Anais do XXII Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, Salvador, BA, Brasil, 6-9.

Carvalho, M. M. e Rabechini, R. Jr. (2008). Construindo competências para gerenciar projetos (2a ed.). São Paulo: Atlas.

Castellano, S. (1996). Proposição de um modelo para planejamento e desenvolvimento de projetos em empresas de alta tecnologia. Dissertação de mestrado, Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SP, Brasil. Recuperado em 20 janeiro, 2010, de http://www.eps.ufsc.br/disserta96/castellano/index/index.htm.

Ciborra, C. (2000). A critical review of the literature on the management of corporate information infrastructure. In C. Ciborra (Ed.). From control to drift. Oxford: Oxford University.

Drummond, H. (2005). What we never have, we never miss? Decision error and the risks of premature termination. Journal of Information Technology, 20(3), 170–178.

http://dx.doi.org/10.1057/palgrave.jit.2000046

Ewusi-Mensah, K. (1997). Critical issues in abandoned information systems development projects. Communications of the ACM, 40(9), 74–80.

http://dx.doi.org/10.1145/260750.260775

Fonseca, S. A. e Kruglianskas, I. (2002). Inovação em microempresas de setores tradicionais: estudos de casos em incubadoras brasileiras. In R. Sbragia e E. Stal (Eds.). Tecnologia e inovação: experiência de gestão na micro e pequena empresa (pp. 89-109). São Paulo: PGT/USP.

Freire, A. (2000). Inovação, novos produtos, serviços e negócios em Portugal. Lisboa: Verbo.

Gunesekaran, A.; Forker, L.; and Kobu, B. (2000). Improving operations performance in a small company: a international case study. Journal of Operations and Production Management, 20(3), 316–336.

http://dx.doi.org/10.1108/01443570010308077

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2005). Pesquisa de Inovação Tecnológica - PINTEC 2005. Recuperado em 19 janeiro, 2009, de http:// www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/industria/pintec/2005/default.shtm.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2006). Cadastro Central de Empresas - CEMPRE 2006. Recuperado em 25 janeiro, 2009, de http:// www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/cadastroempresa/2006/.

Jerônimo, T.; Batista, D.; Staszczak, L. e Medeiros, D. (2009, outubro). Um estudo exploratório da construção de competências através das ferramentas de gestão em auxílio às PME de tecnologia de ponta. Anais do XXIX Encontro da Engenharia de Produção – Enegep, Salvador, BA, Brasil, 6-9.

Marcovitch, J.; Santos, S. e Dutra, I. (1986, abril/junho). Criação de empresas com tecnologias avançadas: as experiências do PACTo/IA-FEA- USP. Revista de Administração FEA/USP - RAUSP, São Paulo, 21(2), 3-9.

McAdam, R. (2000). Quality models in a SME context. International Journal of Quality and Reliability Management, 17(3), 305–323.

http://dx.doi.org/10.1108/02656710010306166

Murphy, A. and Ledwith, A. (2007). Project management tools and techniques in high-technology SMEs. Management Research News, 30(2), 153-66.

http://dx.doi.org/10.1108/01409170710722973

Organisation for Economic Co-operation and Development. (2000, June). Small and medium-sized enterprises: local strength, global reach. Policy Brief, OECD. Recuperado em 2 novembro, 2009, de http://www.oecd.org/dataoecd/3/30/1918307.pdf.

Pan, G.; Hackney, R.; and Pan, S. (2008). Information systems implementation failure: insights from prism. International Journal of Information Management, 28, 259–269.

http://dx.doi.org/10.1016/j.ijinfomgt.2007.07.001

PMBOK. (2004). A Guide to the Project Management Body of Knowledge (3a ed.). Newtown Square, PA, USA: Project Management Institute.

Sauer, C. (1993). Why information systems fail: a case study approach. Henley-on-Thames, Oxfordshire, UK: Waller.

Turner, J. R.; Ledwith A.; and Kelly, J. (2009). Project management in small to medium-sized enterprises: a comparison between firms by size and industry. International Journal of Managing Projects in Business, 2(2), 282 -296.

http://dx.doi.org/10.1108/17538370910949301

Vendrametto, O. (2007). Decisões em tecnologia. In P. L. O. Costa Neto (Coord.). Qualidade e competência nas decisões (1a ed.). São Paulo: Blucher.

Yeoh, P. and Roth, K. (1999). An empirical analysis of sustained advantage in the US pharmaceutical industry: impact of firm resources and capabilities. Strategic Management Journal, 20, 637–653.

http://dx.doi.org/10.1002/(SICI)1097-0266(199907)20:7<637::AID-SMJ42>3.3.CO;2-Q http://dx.doi.org/10.1002/(SICI)1097-0266(199907)20:7<637::AID-SMJ42>3.0.CO;2-Z




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v2i1.32

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 Taciana de Barros Jerônimo, Lúcio Camara e Silva, Deise de Araújo Batista, Marcella Brito Galvão



GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
http://www.revistagep.org