O Gerenciamento de Projetos em um Tribunal de Justiça: Análise dos Prazos dos Projetos Estratégicos 2010-2014

Renata Silveira Meneses, Leonel Gois Lima Oliveira, Terezinha de Jesus Mendes Vasconcelos

Resumo


O presente artigo analisa a execução dos projetos estratégicos de um Tribunal de Justiça desenvolvidos na vigência do Plano Estratégico 2010-2014 e acompanhados pelo Escritório Corporativo de Projetos da instituição, a fim de identificar como os projetos atrasam e quais os motivos mais recorrentes. Pretende-se identificar as principais causas pelas quais os projetos estratégicos da instituição atrasam, bem como os pontos mais sensíveis na dinâmica da prática de gerenciamento de projetos da Organização. Analisaram-se 773 Relatórios de Acompanhamento de Projetos (RAPs) que foram produzidos mensalmente pelos respectivos gerentes ao longo da execução dos 66 projetos contidos no citado Plano Estratégico. O estudo é subsidiado por uma pesquisa bibliográfica embasada prioritariamente no Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) e além de outros autores de gerenciamento de projetos em Organizações Públicas. Para a análise dos dados, foram observadas as relações entre cumprimento de prazos, quantidades e progressos dos projetos, unidades envolvidas e motivos dos atrasos constantes nos Relatórios de Acompanhamento. Observou-se que 90% dos projetos apresentaram atrasos, envolvendo 12 unidades funcionais que desenvolveram projetos estratégicos. Sobre os motivos de desvios, os problemas relacionados ao gerenciamento das aquisições, do escopo e das partes interessadas foram os mais recorrentes.


Palavras-chave


Gerenciamento de Projetos; Setor Público; Tribunal de Justiça; Atrasos na Execução de Projetos.

Texto completo:

PDF

Referências


Barcaui, A. B. (2004). O Desafio do Sucesso em Projetos de Tecnologia da Informação. Universidade Federal do Rio de Janeiro - Programa de Engenharia de Produção. Recuperado em 11 de dezembro, 2015, de http://www.bbbrothers.com.br/files/pdfs/artigos/sucesso_proj_ti.pdf.

Cavalieri, A., & Dinsmore, P. C. (2007) Como se Tornar um Profissional em Gerenciamento de Projetos: Livro-Base de “Preparação para Certificação PMP – Project Management Professional”. 2. Rio de Janeiro: Qualitymark.

ENAP, Escola Nacional de Administração Pública (2014). Gerenciamento de Projeto: Teoria e Prática. Brasília: ENAP.

Engelbreth, E. (2009). Lições Aprendidas - Valiosas Informações, 2009. Blog. Recuperado em 12 de dezembro de 2014, de http://www.youwilldobetter.com/2009/02/licoes-aprendidas-valiosas-informacoes/

Farnham, D., & Horton, S. (1992). Managing the new public services. London: Macmillan.

Kerzner, H. (2011). Gerenciamento de projetos: uma abordagem sistêmica para planejamento, programação e controle. São Paulo: Blucher.

Nogueira, J. M. M. (2011). A ausência do Poder Judiciário enquanto objeto de estudo da Administração Pública brasileira. Revista Eletrônica Dike, 1 (1), 1-17.

PMI, Project Management Institute. (2013). Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). Atlanta: PMI, 2013.

Pontes, D. S., Oliveira, L. G., & Vasconcelos, T. J. M. (2015). Os Condicionantes de desempenho dos Projetos Estratégicos de um Tribunal de Justiça. Revista de Gestão e Projetos – GeP, 6 (1), 14-27.

Prado, D. (2015). Maturidade em gerenciamento de projetos. 3. Nova Lima: Falconi Editora.

Rio de Janeiro. Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Subsecretaria de Planejamento – SUBPL (2011). Manual de Elaboração do Plano Plurianual 2012 – 2015. Rio de Janeiro, 2011. Recuperado em 18 maio, 2016, de: http://download.rj.gov.br/documentos/10112/780695/DLFE-46913.pdf/ManualdeElaboracaoPPA20122015.pdf

Silva, E. C., & Gil, A. C. (2013). Inovação e gestão de projetos: os “fins” justificam os “meios”. Revista de Gestão e Projetos - GeP, 4 (1), 138-164.

Silvestre, A. R. M. (2016). Gerenciamento de projetos: uma análise das lições aprendidas dos projetos de um Tribunal de Justiça. Monografia (Graduação em Administração). Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Valeriano, D. L. (1998). Gerência em Projetos: Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia. São Paulo: Makron Books.

Vargas, R. (2009). Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenciais Competitivos. 7ed. Rio de Janeiro: Brasport.

Xavier, C. M. S., Vivacqua F. R., Macedo O. S., & Xavier L. F. S. (2005). Metodologia de Gerenciamento de Projetos. Methodware. Rio de Janeiro.




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v7i3.452

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Renata Silveira Meneses, Leonel Gois Lima Oliveira, Terezinha de Jesus Mendes Vasconcelos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
http://www.revistagep.org