Mudanças na Legislação Fiscal: O Efeito nos Custos das Empresas de Desenvolvimento de Software

Marlowa Zachow, Aline Ferrari Dalberto, Maurício Helmann Pedron

Resumo


As mudanças na legislação fiscal brasileira aumentam de maneira significativa os custos de produção das empresas de desenvolvimento de software, sem que haja um valor agregado proporcional ao produto. Este artigo tem como objetivo analisar os efeitos destas mudanças nos custos de uma microempresa de desenvolvimento de software da Região Oeste do Estado do Paraná. Para atingir o objetivo, foram analisadas as planilhas de controle de produção da empresa, do período de julho de 2016 até junho de 2017, nas quais está registrado o tempo gasto para implementação de cada tarefa oriunda do Fisco. O tempo gasto com tais tarefas foi comparado com o tempo gasto com outras tarefas na empresa. Os resultados do estudo demonstraram que aproximadamente um terço do tempo gasto e do custo mensal das tarefas do setor de produção são direcionados exclusivamente às demandas originárias do Fisco.


Palavras-chave


Custos de Produção; Legislação Fiscal; Desenvolvimento de Software

Texto completo:

PDF

Referências


Bertolucci, A. V., & Nascimento, D. T. (Maio/Ago. de 2002). Quanto custa pagar tributos? Revista Contabilidade & Finanças, 13, pp. 55-67. Fonte: https://www.revistas.usp.br/rcf/article/view/34074

Bruni, A. L., & Famá, R. (2012). Gestão de custos e formação de preços (6 ed.). São Paulo: Atlas.

Dantas, V. F. (2003). Wideworkweb-Uma metodologia para o desenvolvimento de aplicações Web num cenário global. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande. Acesso em 01 de Junho de 2017, disponível em http://docs.computacao.ufcg.edu.br/posgraduacao/dissertacoes/2003/Dissertacao_VanessaFariasDantas.pdf

Gomes, M. (04 de Fevereiro de 2013). Acesso em 11 de Dezembro de 2016, disponível em Websinder: https://webinsider.com.br/seu-erp-esta-preparado-para-as-mudancas-na-legislacao-fiscal/

Guia prático da EFD. (2015). Acesso em 10 de Julho de 2017, disponível em https://www.fazenda.sp.gov.br/sped/downloads/GUIA_PRATICO_EFD_Versao_2_0_6.pdf

Hoffmann, K. D., & Bateson, J. E. (2003). Princípios de marketing de serviços: conceitos, estratégias e casos (Tradução da 2. edição Norte-Americana ed.). São Paulo: Pioneira

Thomson Learning.

Institute of electrical and electronics engineers. (1993). IEEE Recommended Practice for Software Requirements Specifications. Acesso em 18 de Junh de 2017, disponível em ttp://www.utdallas.edu/~chung/RE/IEEE830-1993.pdf

Lima, E. S., Galegale, N. V., Arima, C. H., & Cortês, P. L. (Jan/Abr de 2016). Contribuição à análise da redução nos custos de conformidade tributária e os investimentos no sistema público de escrituração digital – SPED no Brasil. Journal of Information Systems and Technology Management, 13(1), pp. 101-130. doi:http://dx.doi.org/10.4301/S1807-17752016000100006

Lizote, S. A., & Mariot, D. M. (jul./dez. de 2012). A estrutura do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped): um estudo das novas obrigações. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia, 2(2), pp. 17-25. Acesso em 25 de Julho de 2017, disponível em http://navus.sc.senac.br/index.php/navus/article/viewFile/73/52

Mazzola, V. B. (2010). Engenharia de Software. Acesso em 20 de Março de 2018, disponível em https://www.portalgsti.com.br/2013/03/apostila-de-engenharia-de-software-disponivel-para-download.html

Mueller, A., Alberton, A., Pedrini, L. D., Bittencurt, M., Goulart, M. A., & Marino, S. V. (2006). Gestão de custos em empresas de desenvolvimento de software de SC: uma pesquisa exploratória. Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção - Enegep. Fortaleza. Acesso em 25 de Julho de 2017, disponível em http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2006_tr510343_8076.pdf

Ooi, G., & Soh, C. (Summer de 2003). Developing an activity-based costing approach for system development and implementation. The data base for advances in information systems, 34(3). Acesso em 05 de Julho de 2017, disponível em https://www.deepdyve.com/lp/acm/developing-an-activity-based-costing-approach-for-system-development-WeJ6DKzo40?key=acm

Plutarco, H. M., Gico Jr, I. T., & Valadão, M. A. (Jul/Dez de 2012). O Custo Social das Obrigações Tributárias Acessórias. Economic Analysis of Law Review, 3(2), pp. 338-349. Acesso em 25 de Julho de 2017, disponível em https://portalrevistas.ucb.br/index.php/EALR/article/view/3%20EALR%20338

Sabbag, E. (2013). Manual de Direito Tributário. São Paulo: Saraiva.

Sasso, A., Rosa, I. C., & Barbosa, A. (2011). O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL. Anais do VI EPCT-Encontro de produção científica e tecnológica. Campo Mourão. Fonte: www.fecilcam.br/nupem/anais_vi_epct/PDF/ciencias_sociais/03_Soc_Aplic_Completo.pdf

Schier, C. U. (2006). Gestão de custos (20 ed.). Curitiba: Ibpex.

Staa, A. V. (1987). Engenharia de programas. São Paulo: Sá.

Wernke, R. (2008). Gestão de custos: uma abordagem prática (2 ed.). São Paulo: Atlas.




DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v7i2.14501

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Inovação, Projetos e Tecnologias – IPTEC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
Revista IPTEC

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2020 Todos os direitos reservados.