Terceirização de Serviços em Hotéis: Um Estudo Comparativo de Caso

Tomas Sparano Martins, Heitor Takashi Kato, June Alison Westarb Cruz, Kawana Harue Sato

Resumo


Este estudo discute o processo de terceirização em dois tipos de hotéis, um independente e um de rede. Especificamente, o objetivo deste estudo foi verificar por que os hotéis terceirizam seus serviços e atividades, e como ocorre o processo de terceirização na perspectiva das capacidades dinâmicas. Para tanto realizou-se um estudo qualitativo, comparativo de casos, utilizando a técnica da análise de conteúdo do tipo categorial.  Os resultados mostram que as decisões das terceirizações foram motivadas principalmente por razões financeiras, tais como a possibilidade de redução de custos e a melhoria do desempenho financeiro. Também se destacou como razões para a terceirização no hotel de rede a existência de fornecedor especializado, o que sugere a existência de uma estratégia voltada para a busca de recursos externos, como forma de integrar e complementar recursos. Com relação ao processo de decisão da terceirização, observou-se que processos formalizados são adotados pelo hotel pertencente a uma rede. O hotel independente adota processos mais informais na decisão da terceirização. Por fim, variáveis ambientais, crise financeira e a gripe H1N1, não influenciaram o processo de terceirização nos hotéis.


Palavras-chave


Hotéis, Capacidades Dinâmicas, Terceirização, Processo Decisório

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v3i1.74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review



PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2020 Todos os direitos reservados.