Os Traços da Rebeldia: Esporte, Cultura e Política na Obra de Henfil (1968-1971)

Euclides de Freitas Couto

Resumo


Este trabalho investiga as manifestações políticas presentes nas charges e nos cartuns publicados pelo cartunista brasileiro Henfil, durante as décadas de 1960/70. Nessa época, a contestação ao regime ditatorial, era delineada pela busca por liberdade de expressão, o protesto contra o autoritarismo e o questionamento das ideologias presentes no discurso militar. Objetiva-se analisar as formas de exteriorização da rebeldia, da contestação política que permeiam o discurso humorístico do cartunista. Tomando o contexto futebolístico como pano de fundo, Henfil se utilizou de personagens reais e fictícios para expressar suas opiniões políticas, conferindo novas representações às críticas sociais.

DOI: 10.5585/podium.v1i2.31


Palavras-chave


Ditadura; Futebol; Política.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v1i2.31

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review



PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2020 Todos os direitos reservados.