Modelos de Gestão do Esporte Educacional e Governança no Terceiro Setor: O Real, O Possível e O Ideal

Ana Lúcia Castilho Mota, Vânia Maria Jorge Nassif

Resumo


Esse artigo tem por objetivo analisar os princípios da governança no desenvolvimento do modelo de gestão do esporte educacional em uma organização do terceiro setor. Trata-se de um estudo qualitativo, de perspectiva fenomenológica. A coleta de dados foi feita por meio do grupo focal com a equipe de colaboradores e entrevista com a diretora e o gerente do instituto. Essas técnicas permitem coletar dados, a partir das experiências e visões dos participantes, além de propiciar análise dos dados e tratá-los pela análise de conteúdo e apresentados de forma discursiva (Barbour, 2009). Os resultados mostraram que a adoção de boas práticas de governança e a utilização de um modelo de gestão do esporte são valorizados e reconhecidos pelo grupo e pelos parceiros. A pesquisa revela ainda que tanto a governança quanto o uso de modelo de gestão são praticados de forma incipientes nestas organizações e podem auxiliar ONGs do esporte educacional.

Palavras-chave


modelos de gestão do esporte educacional, governança no esporte,governança no terceiro setor,empreendedorismo social

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v4i2.90

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review



PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2020 Todos os direitos reservados.