Estudo da Relação entre os Rankings Formados pela Confederação Brasileira de Futebol e Indicadores Econômico-Financeiros dos Clubes de Futebol Brasileiros

Cleston Alexandre dos Santos, Andréia Carpes Dani, Nelson Hein

Resumo


Os clubes de futebol brasileiros são cobrados para terem bons resultados dentro e fora do campo, o que faz necessário conseguirem vitórias e títulos, como também terem lucros contínuos e crescentes, e consequentemente, estabilidade econômico-financeira. O objetivo deste estudo é analisar a relação entre os rankings formados pela Confederação Brasileira de Futebol e indicadores econômico-financeiros dos clubes de futebol brasileiros. A população e a amostra deste estudo é composta clubes de futebol brasileiros das séries A, B e C, vinculados a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e que publicaram suas demonstrações contábeis no período de 2014. Para análise dos dados utilizou-se o método multicritério para tomada de decisão VIKOR e correlação de Kendall, aplicada na amostra de 36 clubes. Os resultados desta pesquisa mostram que a maioria dos clubes de futebol brasileiros tem liquidez insuficiente, não tendo condições de arcar seus compromissos, alta dependência de recursos de terceiros e rentabilidade negativa. Foi constatado também que os clubes de futebol, exceto o Botafogo, ocupam posições diferentes nos rankings da CBF e econômico-financeiros, este último elaborado por meio da técnica VIKOR.  A correlação de Kendall demonstrou que não há correlação e significância entre os rankings, apoiando a ideia de que não há relação entre os rankings formados pela CBF e indicadores econômico-financeiros dos clubes de futebol brasileiros.


Palavras-chave


Ranking CBF; Indicadores Econômico-Financeiros; VIKOR.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v5i3.161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review



PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2020 Todos os direitos reservados.