Discurso, Ideologia e Violência entre Jovens de Várias Origens Nacionais na Alemanha Durante o Processo De Unificação

Arim Soares do Bem

Resumo


Neste artigo, estuda-se o processo de constituição de identidade entre jovens alemães ocidentais, orientais e migrantes (nascidos em Berlim) antes, durante e após a unificação. Por meio de entrevistas realizadas entre 1989 e 1994, são analisados processos culturais de inclusão e de exclusão, ao lado de experiências dinâmicas e práticas discursivas durante o momento do chamado debate sobre o asilo político.

Palavras-chave


Meios de comunicação e violência na Alemanha. Transformação social e identidade. Unificação alemã.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v7i1.930

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org