1964, O ANO DE UMA NOTÍ­CIA INDELÉVEL: A CONSTRUÇÃO MEMORIAL DO GOLPE MILITAR, NO BRASIL, ENTRE A MÍ­DIA, A MEMÓRIA E A HISTÓRIA

Sônia Maria Meneses

Resumo


Neste artigo, trata-se da produção de acontecimento memorável nas relações entre mídia, memória e história, no Brasil contemporâneo. A partir da análise sobre o Golpe de 1964, nas matérias do jornal Folha de S. Paulo, entre os anos 1994 e 2004, investigamos como se produzem formuladores de sentidos articulados na interseção entre esses três campos que servem na produção dos eventos emblemáticos em nossos dias.

Palavras-chave


Acontecimento. Memória. História e mídia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v7i2.1289

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org