A BANALIDADE DA VIOLÊNCIA EM UM JORNAL DE PERNAMBUCO

Giovanna de Araújo Leite

Resumo


Este artigo, trata da banalidade e exposição do sofrimento como construção e representação da violência presente num encarte policial de um jornal pernambucano. Confirmamos dessa forma a necessidade de se fazer uma reflexão sobre violência tomando por base teórica o pós-modernismo no jornalismo policial na atualidade.

Palavras-chave


Banalidade. Pós-modernismo. Jornalismo policial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v7i2.1284

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org