Atitudes e Fatores que Influenciam o Consumo de Produtos Orgânicos no Varejo

Ricardo Rossetto Rodrigues, Camila Castro Carlos, Paulo Sergio Miranda Mendonça, Stella Ribeiro Alves Correa

Resumo


O mercado de produtos orgânicos vem crescendo graças à preocupação de consumidores com uma alimentação mais saudável e às pressões do mercado para utilização de meios de produção mais sustentáveis. No Brasil, os produtos orgânicos também se configuram como uma tendência. O presente artigo visa identificar os fatores que influenciam o consumo desses produtos em Ribeirão Preto, São Paulo. Para tanto, foca sua análise nos consumidores de produtos orgânicos que optam pelo supermercado como ponto de venda. Empregou-se dois métodos de pesquisa. No primeiro, utilizou-se a pesquisa exploratória e, no segundo, a pesquisa descritiva, mais especificamente o survey. A análise estatística dos dados utilizou a técnica de análise fatorial. Os resultados mostraram que os fatores que levam ao consumo de produtos orgânicos são egocêntricos. Além disso, verificou-se que os consumidores sentem que existem barreiras comerciais que dificultam a compra desses produtos.


DOI: 10.5585/remark.v8i1.2131

Palavras-chave


Alimentos orgânicos; comportamento de compra; supermercado; consumo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v8i1.2131

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org