Avaliação das Alternativas de Compra: Entre a Falsificação e o Original

Silvia Cressoni Gomes, Suzane Strehlau

Resumo


Este artigo aborda a avaliação do consumidor na compra de óculos solares entre as alternativas marca original ou falsificada. O objetivo é compreender como o consumidor avalia os critérios relacionados aos atributos, benefícios e também identificar se há algum tipo de regra de decisão utilizada. A metodologia é de caráter exploratório e qualitativo com uso de roteiro de entrevista numa amostra por julgamento com análise de conteúdo. Os resultados mostram que todos entrevistados reconhecem que os óculos falsificados são prejudiciais à visão por não apresentarem proteção solar aos raios ultravioleta. A regra de decisão utilizada que foi identificada é compensatória aditiva simples, isto implica que na avaliação do consumidor as dimensões negativas e positivas são consideradas pela sua quantidade. Embora a proteção solar nos óculos seja extremamente importante é em quantidade numericamente inferior aos atributos oriundos da marca como design e moda e o atributo físico da cor da lente. DOI: 10.5585/remark.v10i3.2274

Palavras-chave


Falsificação; Comportamento do consumidor; Regras de decisão; Óculos solares; Atributos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v10i3.2274

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org