É Possível Segmentar pelo Valor Percebido? Uma Aplicação em Consumidores do Ensino de Música Erudita

Thel Augusto Monteiro, Eduardo Eugênio Spers, Antonio Carlos Giuliani, Nadia Kassouf Pizzinatto

Resumo


Este trabalho verifica a possibilidade de diferenciar consumidores pelos valores percebidos. Uma amostra de 240 consumidores de música erudita foi submetida a entrevistas baseado no modelo de Cadeias Meios-Fim. Verificou-se relações associativas entre valores pessoais dos consumidores, benefícios e atributos percebidos segundo a Técnica Padrão de Associação, resultando em dois grupos: Os sensitivos, com baixa identificação com música erudita e os introspectivos, com alta identificação com o estilo. Os resultados desta aplicação empírica sugerem que o estudo da segmentação pelo valor percebido possa ser validado por outras pesquisas e abre caminho para ações mais específicas de marketing.

 

DOI: 10.5585/remark.v12i3.2311


Palavras-chave


segmentação; valor percebido; laddering,; música

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v12i3.2311

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org