Canais de Distribuição de Açúcar Mascavo numa Associação de Produtores

Elvira Durán Rojas, Ronaldo Perez

Resumo


Os produtores familiares do município de Visconde do Rio Branco, por tradição, vêm produzindo açúcar mascavo e necessitam fortalecer sua distribuição no mercado. Como um aporte a isso, este trabalho objetivou avaliar as diferentes formas de distribuição do açúcar mascavo pela ARPRAM (Associação Riobranquense de Produtores de Rapadura, Açúcar Mascavo, Aguardente e Melado), identificando os principais atributos inerentes, as facilidades e dificuldades e propondo alternativas para melhorar a eficiência desse processo. Para isso, nos procedimentos metodológicos, a pesquisa se caracterizou como exploratória e descritiva; as técnicas adotadas foram a pesquisa bibliográfica e o estudo de caso. Foram entrevistados o presidente da ARPRAM e 28 representantes do mercado atacadista e varejista. Foi possível identificar os canais atualmente utilizados pela ARPRAM, os principais intermediários inseridos na distribuição do açúcar mascavo e os requisitos exigidos por cada intermediário. Com base em tais informações, concluiu-se que os principais canais de distribuição do açúcar mascavo utilizados pela ARPRAM são realizados por intermediários atacadistas e por pequenos supermercados locais, através de vendas diretas. Entre os principais indicadores para que os intermediários aceitem o açúcar mascavo estão a qualidade, o preço, a cor, a confiabilidade na entrega e o volume disponível. Uma possível ameaça para a ARPRAM é a existência no mercado de grandes distribuidores de açúcar mascavo no setor atacadista, conformando suas próprias unidades de produção, razão pela qual a Associação deve-se fortalecer com o trabalho conjunto de seus associados, a organização de sua gestão e a padronização do açúcar mascavo, entre outros.

 

DOI: 10.5585/remark.v13i1.2627

 


Palavras-chave


açúcar mascavo, canais de distribuição, Associação de Produtores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v13i1.2627

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org