Capital Cultural e o Consumo de Produtos Culturais: As Estratégias de Consumo de Status entre Mulheres da Nova Classe Média

Lucivânia Filomeno Ponte, Cecilia Queirós Mattoso

Resumo


Holt (1998) averiguou a aplicação do consumo  como forma de adquirir status realizando pesquisas nos Estados Unidos e na Turquia (HOLT; ÜSTÜNER, 2010). A presente pesquisa baseou-se neste último estudo e teve como objetivos : a) estudar se o consumo de produtos culturais seria uma forma de construir status; b) investigar qual a relação destes produtos com o capital cultural das mulheres da nova classe média. O consumo de produtos culturais  mostrou-se  fundamental para construção das estratégias de status  e o capital cultural mostrou-se determinante na escolha destes produtos. Concluiu-se que os produtos culturais utilizados variaram conforme o maior ou menor capital cultural das entrevistadas. O uso do conceito de capital cultural possibilitou um maior entendimento da construção dos gostos e práticas de consumo .


Palavras-chave


Capital Cultural; status; produtos culturais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v13i6.2613

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org