Avaliação dos Consumidores da Comunidade Acadêmica de uma Instituição De Ensino Superior Pública em Relação as Práticas de TI Verde nas Organizações

Luis Hernan Contreras Pinochet, Mariana Kisters Ventura da Silva, Patricia Miyumi Matsuda

Resumo


O objetivo deste artigo é entender a avaliação dos consumidores em relação as práticas de TI Verde nas organizações. O presente trabalho busca confirmar o modelo construído teoricamente por Lunardi et al. (2011) e Lunardi et al. (2014) por meio da aplicação empírica que utilizou, para a análise de dados a  Modelagem de Equações Estruturais – MEE. A pesquisa, do tipo survey em corte transversal único, foi realizada em uma Instituição de Ensino Superior pública, localizada no município de Osasco, utilizando questionário estruturado com cinco opções de resposta do tipo Likert e contou como respondentes: os discentes e docentes do curso de graduação em administração, além dos funcionários técnico administrativos em educação. Os resultados obtidos confirmaram a grande significância estatística dos caminhos estruturais, e demonstraram que o modelo proposto por Lunardi et al. (2011 e 2014) é consistente, com ajustamento adequado, podendo ser aplicado em futuras pesquisas.   

Palavras-chave


Consumo; Percepções; TI Verde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v14i3.2991

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org