Marketing Ambiental: Análise da Produção Científica Brasileira

Weslei Maique Oliveira Lopes, Wesley Ricardo de Souza Freitas

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo identificar as tendências e rumos do marketing ambiental no Brasil, a partir de um levantamento da produção científica nacional, período dos últimos dez anos (2006-2015), a fim de verificar possíveis mudanças evolutivas na orientação e aplicação do marketing. Como metodologia, a pesquisa adotou um caráter exploratório, com abordagem qualitativa e a pesquisa bibliográfica como instrumento de coleta. Nas revistas científicas de Administração do Brasil (Qualis A1 a B3) foram buscados todos os artigos com o assunto “marketing”. Os resultados indicaram que as publicações de marketing ambiental correspondem a 6,88% do total de artigos nos últimos dez anos. Desta forma, com base nas pesquisas brasileiras, constata-se que o marketing ambiental é uma fonte de vantagem competitiva, porém ainda não faz parte da cultura organizacional. Portanto,  apresenta-se uma agenda de pesquisa no sentindo de contribuir para o avanço da prática do marketing ambiental nas empresas. 


Palavras-chave


Marketing Verde; Marketing Ambiental; Produção Científica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v15i3.3189

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org