Vantagens Competitivas do Mix de Varejo sob a Ótica da VRIO: Um Estudo de Caso em um Supermercado Independente

Lisiane Caroline Rodrigues Hermes, Cassiana Maris Lima Cruz, Laura Santini

Resumo


O objetivo deste estudo é analisar as vantagens competitivas a partir do mix de varejo em um supermercado independente, sob a ótica do modelo de Valor, Raridade, Imitabilidade e Organização (VRIO) proposto por Barney e Hesterly (2007) e da literatura sobre mix de varejo, vantagem competitiva e a Resource-Based Review (RBV). Esta pesquisa é caracterizada como relato de um caso com abordagem qualitativa, realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com os clientes e a proprietária do supermercado, além de um roteiro de observação não participante. A partir da análise de conteúdo dos dados coletados nas entrevistas e da observação não participante foi possível identificar que as variáveis do mix de varejo: localização, atmosfera da loja, público-alvo e atendimento são estratégias de diferenciação e consideradas como vantagem competitiva em relação à concorrência. 


Palavras-chave


VRIO; RBV; Vantagens Competitivas; Mix de Varejo; Supermercado Independente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v15i3.3165

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org