A (Não) Influência do Fator Transgeracional na Escolha de Produtos para Bebês

Bruno do Nascimento Sutil

Resumo


O artigo a seguir estuda o processo de decisão de compras das consumidoras de produto para bebês sob a ótica dos influenciadores externos, trazendo à luz o seu processo de busca de informações com seus pares, famílias e outras fontes. Para tal, foram feitas entrevistas em profundidade com sete mães que tiveram filhos até 18 meses antes do período de coleta, e com as avós das crianças. Como principais resultados, se observam o impacto de desconhecidas, porém, pares, como fortes influenciadoras nas escolhas, a partir de suas experiências pessoais com o mesmo tipo de compra. Tal influência demostrou superar, inclusive, as indicações de pessoas próximas, como família e amigos, e influenciadores de autoridade, como médicos pediatras.


Palavras-chave


Transmissão de valores; Higiene infantil; Mães; Cibercultura; Influenciadores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v15i4.3408

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org