A Influência da Saliência da Música na Memória de Curto Prazo e na Atitude à Marca e ao Anúncio

Arthur Geron Gonçalves Dias, Eliane Cristine Francisco Maffezzolli, Marcelo Aparecido Pinheiro

Resumo


O objetivo deste estudo é verificar a influência da saliência da música, em primeiro ou segundo plano, sobre a atitude à marca, ao anúncio e à memória de curto prazo. Foram escolhidas duas marcas reais para o estudo que não possuem forte atuação no mercado brasileiro para evitar o conhecimento prévio da marca. As marcas são de diferentes categorias de mercado: Chicken Treat (fast food) e Mazda (automóvel). O estudo experimental utilizou a saliência da música em background e foreground como variáveis independentes, além de duas categorias de produto para comparar os resultados. Foram utilizados dois anúncios audiovisuais existentes, não veiculados no mercado brasileiro, com a manipulação de narrações e da saliência da música, em primeiro e segundo plano. Foram obtidas 180 respostas válidas, sendo 63 nas etapas pré-experimentais e 117 no experimento. Os resultados gerados para ambas as categorias de produto mostram que a memória de curto prazo espontânea é afetada pela saliência da música. As atitudes foram positivas para as duas categorias e situações de música.

Palavras-chave


Sonic Branding. Memória de curto prazo. Atitudes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v15i4.3413

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org