Consumo Adolescente: Construindo a Identidade de Jovens Brasileiras.

Andrya Verena Silva Rosa de Carvalho, Larissa Soares de Queiroz, Fábio Vinicius de Macedo Bergamo

Resumo


O estudo objetiva compreender a construção da identidade em brasileiras de 12 a 17 anos tomando como pressuposto a influência do consumo sob tal fenômeno. A abordagem teórica retrata aspectos da identidade individual e coletiva e refere-se a cultura de consumo nos preceitos da Consumer Culture Theory – CCT, como disposta por Arnould & Thompson (2005), dentre outros estudos.  Com método qualitativo, a pesquisa utilizou-se da ferramenta Grupos de Foco em uma amostra de 33 informantes de classes sociais variadas, regionalizadas em 13 estados brasileiros e dentro da faixa etária determinada. O estudo identificou particularidades de consumo deste público, segmentando os resultados em três dimensões: Psicossocial, Comportamental e Cultural. Os principais influenciadores encontrados a partir dos depoimentos das informantes foram divididos em: Classe Social, Família, Grupos de Pares, Mídia e Instituições de Ensino como aspectos relevantes da cultura de consumo das adolescentes e consequentemente na construção de sua identidade.


Palavras-chave


Cultura de Consumo; Identidade; Adolescentes

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v16i1.3215

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org