Uso de Métricas em Mídias Sociais e Indicadores de Desempenho do Site e sua Relação com o Valor da Marca em Empresas de Cosméticos no Brasil

Luis Hernan Contreras Pinochet, Iara Louise Pachelli, Francisco Marcelo Monteiro da Rocha

Resumo


Este artigo procura analisar a utilização de métricas em “mídias sociais” e “indicadores de desempenho do site” e sua relação com o valor da marca pelas empresas de cosméticos instaladas no Brasil. Nesta pesquisa foi necessária a criação de uma base de dados dentro do período observado (novembro de 2015 a abril de 2016) nas 14 marcas de cosméticos selecionadas. Para a construção dessa base foram extraídos dados de 2 aplicativos de Redes Sociais (Facebook e Instagram) e 3 ferramentas de Digital Analytics (SimilarWeb, Alexa e Nibbler). A abordagem quantitativa foi apoiada pela técnica multivariada de regressão linear múltipla. Como resultado, apesar de não existir uma precisão numérica das métricas selecionadas em relação ao valor da marca é possível presumir que os agrupamentos que obtiveram melhores resultados nas análises de dados foram as métricas de “indicadores de desempenho do site”, sendo que a Unidade de Significância “Análise do site pelo Nibbler” obteve o maior R2 ajustado (0,332). O estudo propõe ainda uma forma preliminar de mensurar métricas que podem permitir a identificação de oportunidades para novas estratégias nas empresas, e consequentemente, aumentar a exposição e o valor de suas marcas.


Palavras-chave


Métricas; Mídias Sociais; Indicadores de Desempenho do Site; Empresas de Cosméticos; Valor da Marca.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v17i1.3581

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org