Práticas Ilegais dos Consumidores. Uma Análise do “gato” na Rede de Energia Elétrica

Marcos Ferreira Santos, Cid Gonçalves Dias, Eduardo Anderson Ramos, José Adalberto Ferreira

Resumo


Este artigo investiga o consumo e aspectos éticos na prática de fraude e furto de energia elétrica. O estudo realizado indica que o campo das práticas ilegais dos consumidores é de grande relevância para a comunidade acadêmica, mas ainda pouco explorado. O objetivo principal é compreender a percepção dos consumidores no que se refere a práticas ilegais no consumo de energia elétrica e à inadimplência no pagamento das faturas da concessionária. Caracterizada como qualitativa e exploratória, a pesquisa se deu através da realização de 96 entrevistas e 8 grupo focais com consumidores selecionados a partir da base de dados da concessionária e classificados como adimplentes, inadimplentes e os que fazem práticas ilegais, ou o referido “gato”. Os resultados indicam que embora muitos tenham relatado a prática da fraude como comportamento incorreto, não a censuraram com veemência e afirmaram que isso seria atualmente uma ação comum e verificada tanto em bairros periféricos como nas áreas mais ricas da cidade. Há fatores que estimulam estas práticas e que podem ser agrupados como sociais; pessoais e relacionados à condição econômica do consumidor e relacionados à ética do consumidor, que não percebe como ilegal a prática que comete. Há o aspecto de retaliação do consumidor, que tenta justificar sua prática ilegal devido aos impostos, ao monopólio da concessionária de energia e mesmo à oferta de terceiros. A principal contribuição deste estudo é ampliar o conhecimento relacionado aos aspectos de ética e práticas ilegais do consumidor. DOI: 10.5585/remark.v10i2.2249

Palavras-chave


Consumo; Fraude; Energia Elétrica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v10i2.2249

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org