Marketing Virtual: Separando o Joio do Trigo... Os Riscos Inerentes e Manipulados no E-commerce

Michelle Helena Kovacs, Salomão Alencar de Farias, Maria de Lourdes Azevedo Barbosa, Anderson Gomes de Souza

Resumo


O objetivo desta investigação foi realizar uma análise sobre os riscos inerentes e os manipulados na compra pela internet. A pesquisa teve o intuito de averiguar a necessidade de separação desses riscos, visto que, em grande parte dos estudos, não é realizada essa distinção, sendo agrupados os riscos de uma maneira geral. O estudo teve um caráter exploratório-descritivo de corte transversal, tendo sido realizado em duas etapas. Inicialmente foram conduzidas entrevistas com 20 compradores do varejo eletrônico. Posteriormente foi realizado um levantamento, em que foi estabelecida uma parceria com a E-bit, tendo o link do instrumento de coleta de dados sido enviado para 2.000 usuários cadastrados no banco de dados da instituição. Foram obtidos 692 questionários válidos. As análises fatoriais empregadas indicaram a necessidade da divisão dos riscos em inerentes e manipulados, reforçando a teoria inicial de Bettman (1973). A presente pesquisa traz, como principal contribuição, a recomendação aos futuros investigadores dessa área sobre a importância de considerar e, principalmente, empregar separadamente a análise dos riscos inerentes e a análise dos riscos manipulados em estudos do comportamento do consumidor nas compras on-line.


DOI: 10.5585/remark.v8i2.2139

Palavras-chave


Percepção de risco; riscos inerentes; riscos manipulados; varejo eletrônico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v8i2.2139

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org