Gestão de Marcas Emocionais: Um Estudo Exploratório no Setor Automotivo de Veículos Leves

Marcel Eduardo Rodrigues de Oliveira, Lesley Carina do Lago Attadia Galli, Matheus Alberto Cônsoli, Luciano Thomé e Castro

Resumo


Este estudo investigou se empresas que administram suas marcas por meio de apelos emocionais apresentam melhores condições para assegurar uma identidade de marca diferenciada e manter sua posição de mercado. Para tanto, realizou-se levantamento bibliográfico e, posteriormente, desenvolveu-se pesquisa exploratória quantitativa em empresas do setor automotivo. Como resultado observou-se que as empresas analisadas utilizam a administração de marcas e acreditam que essas atividades colaboram para o estabelecimento de uma imagem forte e para o desenvolvimento de um elo emocional com o consumidor. DOI: 10.5585/remark.v9i1.2152

Palavras-chave


Marca emocional; identidade de marca; administração de marcas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v9i1.2152

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org