Reflexões sobre as Políticas Públicas Relacionadas ao Programa de Inclusão Bancária para a População de Baixa Renda no Brasil

Aurea Helena Puga Ribeiro, Marcio Tadeu Furrier, Claudia Rosa Acevedo

Resumo


O objetivo deste ensaio teórico é propor algumas recomendações para os formuladores de políticas públicas quanto ao programa de inclusão bancária para o público de baixa renda, tomando-se por alvo os beneficiários do Programa Bolsa-Família, do Governo Federal. Inicialmente o texto faz uma revisão da literatura sobre impedimentos ao consumo de determinados grupos de consumidores e em uma segunda parte discute os principais aspectos do programa de inclusão bancária no Brasil. Em uma terceira parte propõe algumas diretrizes para os formuladores de políticas públicas quanto à inclusão bancária no Brasil. DOI: 10.5585/remark.v9i1.2153

Palavras-chave


Impedimentos para o consumo; consumidores de baixa renda, inclusão bancária; programa Bolsa-Família.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v9i1.2153

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing – Remark



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org