Determinantes do voto em João Dória nas eleições municipais de 2016 na cidade de São Paulo

Mário Lucas Heimbecher, George Bedinelli Rossi

Resumo


Objetivo: O presente artigo tem como objetivo identificar variáveis determinantes do voto em João Dória nas eleições municipais de 2016 na cidade de São Paulo.

Método: Tendo como referência o modelo de determinantes do voto no primeiro turno das eleições presidenciais de 2010, proposto por Nicolau (2014), o presente artigo utiliza a técnica de regressão logística binária para testar a adaptação do modelo ao contexto das eleições municipais de 2016 na cidade de São Paulo, em uma amostra composta de 101 alunos de graduação e pós-graduação.

Resultados: Foram identificadas como determinantes do voto em João Dória a religião e a avaliação da gestão municipal anterior.

Contribuições teóricas: Os resultados apontam que a vitória de João Dória pode ser explicada, tanto pela baixa influência de fatores sociodemográficos e ideológicos na decisão de voto, como também pela grande influência do nível de insatisfação do eleitor com a gestão municipal antecessora.

Originalidade/relevância: Com base nos resultados observados, o presente artigo propõe que os modelos conceituais de decisão de do consumidor aplicam-se ao desenvolvimento teórico e prático do marketing político.      


Palavras-chave


Marketing Político; Decisão de Voto; Comportamento Eleitoral; Regressão Logística

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v18i4.16387

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Marketing

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

REMark – Rev. Bras. Mark.
ISSN da versão online: 2177-5184
www.revistabrasileiramarketing.org