Indicações e Tempo de Permanência em Internação Pós-Cirúrgica em um Hospital Público da Cidade de São Paulo - SP

Maesterli Silva de Sousa, Joana Maria Muniz, Samanta Cordeiro Silva, João Victor Fornari, Anderson Sena Barnabé, Rogério Barbosa de Deus, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


Introdução: A internação hospitalar no pós-operatório oferece ao paciente condições de recuperação rápida e pode evitar possíveis complicações decorrentes da cirurgia. Objetivo: Determinar o número de indicações e o tempo de permanência em internação durante o período pós-operatório imediato de pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos diversos. Método: Foram avaliados em um hospital público da região central da cidade de São Paulo - SP, pacientes que se submeteram à cirurgias de diversas especialidades entre janeiro e março de 2011. Resultados: Dos 10 pacientes acompanhados, 8 receberam indicação de internação no período pós-operatório e 2 receberam alta logo após o procedimento cirúrgico. Troca de valva cardíaca, desobstrução intestinal e cirurgia bariátrica foram, nesta sequência, os procedimentos que demandaram maior tempo de internação. Conclusão: A pré-admissão do paciente com necessidades cirúrgicas é muito importante no prognóstico dos mesmos e pode estar intimamente relacionada com a evolução do seu quadro clínico. Pacientes com mais comorbidades tendem a apresentar prognóstico mais reservado, o que per se aumenta o tempo de internação e, consequentemente, os custos e os riscos da prolongada permanência em ambiente hospitalar.

DOI: 10.5585/rgss.v1i1.2


Palavras-chave


Hospitalização; Prevalência; Epidemiologia; Cirurgia; Custos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/rgss.v1i1.2

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Gestão em Sistemas de Saúde – RGSS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Rev. Gest. Sist. Saúde
e-ISSN: 2316-3712
www.revistargss.org.br